1173

Não acredito na satisfação plena das alegrias passivas. Só é plena a alegria vivaz, enérgica. Só é plena a alegria que, no fundo, se vinga da tristeza.

Um comentário:

Pipa disse...

100% de acordo...adoro poder ver "traduzido" aquilo que sinto, por quem sabe escrever!infelizmente não é uma talento meu...sempre bem Filipe!
Filipa