1163

Nosso prazer está em corromper, de alguma forma, o próximo. O prazer é sempre uma satisfação sombria e predatória.

Um comentário:

Patricia Lima disse...

Nosso prazer deve ser corromper sempre a si mesmo, pois somos criação de muitos antes de nos mesmos. tentar tirar todas as mascaras que usamos é uma tarefa ardua e cruel, leva a lugares que sequer podemor imaginar, por isso da tanto medo. a maioria prefere o conhecido dos outros e de si mesmo, mas o conhecido leva sempre ao mesmo lugar. passar a vida no meso lugar é se condenar ao nada, ao não viver. ninguem merece isso. conhecer a si mesmo é buscar o incomum que cada um tras dentro de si mesmo. todos somos incomuns e devemos cultivar isso, todo santo dia. aqueles que não admiram a beleza de si mesmos são os predadores de si de outros, não param para olhar para dentro de si mesmos, não sabem ouvir ou observar, não serão abertos para o mundo. sempre olharão a vida com desconfiança e desprezo. serão sempre os mesmos, porque a vida para elas é sempre a mesma. é linha reta.


bjs

pat