1121

Não acredito numa virtude que não seja motivada por um desejo de vingança. De modo que, se a sua virtude é ser alegre, sua satisfação não está na alegria em si, mas no ato de agredir a tristeza.

2 comentários:

Bruna Cordeiro disse...

Nossa! Amei essa.
É isso, super concordo.

Nathália Dias disse...

MÁXimas RETianaS!