1061

A ignorância é o remédio mais traiçoeiro para dores internas.

3 comentários:

Patricia Lima disse...

Uma vez que não há reflexão e esclaricimento, não há também a solução dos conflitos que levam a dor. A inabilidade ou falta de vontade de encarar os desconfortos iniciais de qualquer sofrimento faz com que sejamos reféns do mesmo. Acabamos por nos acostumar a sofrer sem saber que existe uma realidade. Ciclo vicioso.

Bjs

Patricia Lima disse...

Uma vez que não há reflexão e esclaricimento, não há também a solução dos conflitos que levam a dor. A inabilidade ou falta de vontade de encarar os desconfortos iniciais de qualquer sofrimento faz com que sejamos reféns do mesmo. Acabamos por nos acostumar a sofrer sem saber que existe uma realidade. Ciclo vicioso.

Bjs

Nathália disse...

contudo... eu ignoro, tu ignoras, ele ignora, nos ignoramos,..., enfim, não há quem não deixe algum assunto de lado, simplesmente por não gostar ou não querer saber (sobre), mas penso ser mestre na arte de ignorar aquele que não tem o conhecimento que isso faz.