1060

Eis-me aqui no carro da vida em direção ao precipício da morte. Sem freio, só me resta acelerar ao máximo para que, pelo menos, minha queda seja cinematográfica.

2 comentários:

No mundo da Luna disse...

Nossa... Muito lindo isso!

RET disse...

Um "Eu" muito íntimo meu se identificou muito com essa idéia. Muito.