1007

Um lado meu pensa. O outro me é estranho. Com o lado que penso eu estranho o lado estranho. E faço poesia quando, com meu lado que pensa, estranho o próprio lado que pensa.

Um comentário:

Elisa Amaral disse...

Uma frase bem geminiano de ser! :)