971

O que seria a imortalidade senão a banalização da vida?

Nenhum comentário: