858

Comumente, trabalhamos em áreas que não estão ligadas a nossa virtude. Comumente, quem entrega-se inteiramente a estes trabalhos desvirtua-se, finge estar satisfeito por necessidade e covardia e sobrevive alimentado por um masoquismo inconsciente.

Nenhum comentário: