789

A companhia de um ignorante dá-lhe o confortável direito de ignorá-lo.

Nenhum comentário: