776

Sei que só existe a possibilidade de virem a ler-me quando eu morrer. Por isto, peço solenemente: leiam-me inteiro, pelo menos depois de eu morrer.

Nenhum comentário: