697

Algo em comum pulsa entre o filósofo, o poeta e o jornalista. Os três só vivem pra contar o que observaram. Seja através da razão, da emoção ou da funcionalidade.

Nenhum comentário: