425

Quando eu estiver muito mal. Não me peça pra desabafar. Pois posso obrigar-lhe a ver a vida de um ponto de vista extremamente doloroso.

2 comentários:

Cachorrão disse...

Na vértebra poeta. Podemos aprender vendo muitas coisas, contudo outras precisamos vivenciar carnalmente. O ponto nevrálgico da dor de quem passa pela situação tendência a pegar desprevenindo quem está de expectador da enfermidade alheia. A dor também se transmite.

Monique Barcellos disse...

Eu sempre desabafo.. Pelo bem ou pelo mal.. Virtude ou não, o desabafo é uma cura também..
As vezes o silêncio é um desabafo que quer evaporar, quando isso acontece é uma bênçao, rsrs