420

O razoável não ignora o inexplicável.

Nenhum comentário: