340

Hoje, pensar é "viajar na maionese", "delirar". Vivemos tempos de dessignificação dos sentidos.

Nenhum comentário: