152

É quando, mesmo eu tentando fugir, você me solta. E sua grandiosidade me engole de volta.

Nenhum comentário: