93

Somos respeitados pela nossa loucura. Não pela lucidez.

Nenhum comentário: